• Español
  • Português
Follow DNDi on Twitter
Home / Doenças Negligenciadas / Doença de Chagas

Doença de Chagas

Impacto em números
É uma das 17 doenças tropicais negligenciadas listadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
Na América Latina há entre 5 e 6 milhões de pessoas infectadas e calcula-se que 70 milhões de pessoas estejam em risco de contrair a doença.
Calcula-se que causa 7.000 mortes por ano na região.
Atualmente estima-se que menos de 1% das pessoas infectadas recebem tratamento.

Onde ocorre
Endêmica em 21 países da América Latina, a doença de Chagas mata, todos os anos, mais pessoas na região do que qualquer outra doença parasitária.
É crescente o número de pacientes em países desenvolvidos não endêmicos tais como, Austrália, Canadá, Japão, Espanha e Estados Unidos.

Transmissão
Causada pelo parasita cinetoplastida Trypanossoma cruzi, a doença de Chagas é transmitida nos países endêmicos principalmente por insetos conhecidos como barbeiros. Outras formas de transmissão são: transmissões oral e congênita, transfusão de sangue e transplante de órgãos.
Sintomas
A doença se apresenta em dois estágios clínicos:
  • Agudo (em que 5% das crianças morrem) -è  assintomático. Caso apresente síntomas, esstes se caracterizam por febre, mal-estar, edema facial, linfadenopatia generalizada e hepatoesplenomegalia - muitas vezes desaparece espontaneamente em quatro a seis semanas
  • Crônica (em duas fases):
    - Fase “indeterminada”: assintomática, durante a qual os pacientes podem transmitir o parasita apesar de não apresentarem sinais da doença. Pode durar 10 anos. - Fase“sintomática”: ocorre em 10% a 30% dos pacientes infectados e na maioria das vezes envolve o coração ou o trato gastrintestinal. A doença de Chagas é uma das principais causas de cardiomiopatia infecciosa em todo o mundo.
Quais são as necessidades de tratamento?
São necessárias melhores opções de tratamento para todas as fases da infecção chagásica:
  • Uma apresentação pediátrica, acessível financeiramente, adaptada à faixa-etária, segura e eficaz para tratar pacientes no início da infecção
  • Um novo medicamento para tratamento da doença crônica seguro, eficaz, adaptado ao campo e, idealmente, ativo para ambas as fases da doença

Termos e Condições | Privacidade | @ 2010 DNDi Todos os direitos reservados