DNDi e ORAS-CONHU firmam acordo de cooperação para doenças negligenciadas

Rio de Janeiro – 13 de setembro de 2019

A DNDi e o Organismo Andino de Saúde (ORAS-CONHU) firmaram acordo de cooperação técnica para impulsionar futuras ações de P&D, inovação e acesso a medicamentos para doença de Chagas, as leishmanioses e hepatite C.

O marco político permite o desenvolvimento de projetos conjuntos nos países-membros do ORAS-CONHU (Bolívia, Colômbia, Chile, Equador e Venezuela), aproximando ainda mais a DNDi da região andina. A instituição já possui atividades em muitos dos integrantes do bloco, como o projeto de acesso para Chagas, conduzido na Colômbia, o estudo Bendita, realizado na Bolívia, além dos ensaios clínicos para leishmaniose cutânea, no Peru e na Colômbia.

“Com a assinatura do termo de cooperação, a ideia é fomentar políticas de inovação e iniciativas de acesso a medicamentos voltadas para pacientes negligenciados”, afirma Francisco Viegas, assessor de Advocacy para América Latina.

Segundo Viegas, a primeira atividade referente ao acordo ocorreu em julho, precedendo a oficialização da parceria, quando a DNDi foi convidada para participar da Comissão de Hepatites do Organismo Andino de Saúde.

“A aproximação com o ORAS-CONHU representa a oportunidade de sensibilizar ainda mais os tomadores de decisão dos países andinos e aprimorar a agenda de cooperação regional no âmbito das doenças negligenciadas”, completa.