Cipla e DNDi lançam tratamento antirretroviral 4 em 1 pediátrico para crianças que vivem com HIV na África do Sul

A Agência Reguladora de Produtos para a Saúde da África do Sul (SAHPRA) aprovou uma combinação “4 em 1” em dose fixa de quatro tratamentos antirretrovirais (ARV) – abacavir, lamivudine, lopinavir, e ritonavir – que é adocicada, estável ao calor e desenvolvida especificamente para bebês e crianças pequenas portadores de HIV. O tratamento foi desenvolvido pela Cipla Limited e a organização sem fins lucrativos Iniciativa Medicamentos para Doenças Negligenciadas (DNDi).

Pfizer bloqueia pesquisa que geraria evidências sobre melhor uso de antiviral para COVID-19 em países de baixa e média renda

A Iniciativa Medicamentos para Doenças Negligenciadas (DNDi), em nome de um consórcio de 26 organizações de pesquisa africanas e mundiais, manifesta preocupação com o bloqueio dos esforços para a condução de estudos clínicos com o novo antiviral nirmatrelvir/ritonavir (Paxlovid) em países de baixa e média renda pela empresa farmacêutica Pfizer, que desenvolveu o medicamento.

Projetos do Ano 2021 da DNDi reconhece parceiros e colegas por seu trabalho no desenvolvimento de novos tratamentos para leishmaniose visceral e doença do sono

A Iniciativa Medicamentos para Doenças Negligenciadas (DNDi) tem o prazer de anunciar dois Projetos do Ano 2021, que reconhecem o trabalho das equipes de P&D da DNDi e nossos principais parceiros por seu notável progresso nas áreas de drug discovery e pesquisa clínica. Indicado pelo Comitê Científico da DNDi e selecionado pelo Conselho Executivo da DNDi, o prêmio 2021 reconhece duas entre as mais de 50 iniciativas ativas no portfólio de projetos de P&D da DNDi. 

Primeiro tratamento para hepatite C desenvolvido por meio de cooperação Sul-Sul é registrado na Malásia

  • Nova combinação de tratamento para o vírus da hepatite C (VHC) é uma opção acessível para milhões que ainda esperam por acesso a tratamentos que podem salvar vidas em países de renda média
  • A combinação é segura e eficaz, inclusive para casos complicados de tratar e pessoas coinfectadas com VHC e HIV
  • O novo medicamento ravidasvir é o primeiro a ser desenvolvido por meio de cooperação Sul-Sul e com o apoio de organizações sem fins lucrativos