O programa da DNDi para Chagas

Para fazer face aos desafios da doença de Chagas no continente, a DNDi e seus parceiros atuam em três frentes:

  • O programa de pesquisa e desenvolvimento investiga um novo regime de tratamento, mais seguro e tolerável, com doses mais baixas dos medicamentos já existentes, e/ou um tratamento com duração mais curta. Outra linha de investigação busca uma combinação entre o tratamento já existente e um novo medicamento. Ao mesmo tempo, a DNDi busca ferramentas que permitam determinar melhor os indicadores de cura, uma vez que uma lacuna importante é a falta de um teste que comprove com acurácia se o paciente está curado e livre da doença.
  • O programa de eliminação de barreiras, em curso na Colômbia, na Guatemala e no Brasil, é um projeto inovador da DNDi América Latina que complementa o trabalho de pesquisa e desenvolvimento. Ele visa a ampliar o número de pessoas diagnosticadas e tratadas com os medicamentos existentes, aplicando um modelo centrado nos pacientes e com atenção integral. Por meio de parcerias com atores locais e sob a liderança do(s) Ministério(s) da Saúde, ele garante que as transformações alcançadas tenham caráter permanente e que, quando novos medicamentos estiverem disponíveis, eles chegarão àqueles que mais precisam.
  • A DNDi também coordena a Plataforma de Pesquisa Clínica em Doença de Chagas, uma rede de pesquisadores que colaboram para superar os desafios da pesquisa e desenvolvimento para a doença de Chagas.

 

Imagem: Fabio Nascimento – DNDi